Biografia de Valter da Rosa Borges

Tenho grande admiração pelo trabalho deste singular escritor: Valter da Rosa Borges, postei textos extraídos do seu site, para que todos os leitores do meu blog, possam também conhecer, apreciar seu trabalho apurado, suscinto e sensato.
Boa leitura!

Valter da Rosa Borges nasceu no bairro histórico de São José, Recife, Pernambuco, em 15 de março de 1934

Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Pernambuco em 1959.

Ingressou no Ministério Público de Pernambuco em 1963 e se aposentou como Procurador de Justiça em 1993.

É livre-pensador, parapsicólogo, filósofo, poeta, escritor, conferencista e autor de livros e artigos, que versam sobre os mais diversos assuntos.

Em 1950, fundou o Grêmio Cultural Joaquim Nabuco, uma instituição lítero-artística, que teve atuação destacada no mundo intelectual do Recife.

Em 1953, iniciou seus estudos e pesquisas da fenomenologia paranormal, e é um dos decanos da Parapsicologia brasileira.

Em 1968, criou, dirigiu e apresentou, na TV Universitária Canal 11, da Universidade Federal de Pernambuco, o programa O Grande Júri, o primeiro programa cultural e científico do Brasil e que teve a duração de quatorze (14) anos, terminando em 1982.

Fundou, em 1973, o Instituto Pernambucano de Pesquisas Psicobiofísicas, uma das mais antigas instituições de Parapsicologia no Brasil.

Em 1972, foi considerado, pelo Jornal de Letras, como uma das dez Personalidades da Cultura de Pernambuco.

Em 1977, integrou a Comissão de Direito Civil e Processo Civil, no V Congresso Nacional do Ministério Público, realizado no Recife.

Lecionou Sociologia na Universidade Federal de Pernambuco (1977 a 1980) e foi professor de Direito Civil na Universidade Católica de Pernambuco (1978 a 1990).

Em 1978, fundou a Academia Pernambucana de Ciências, da qual foi Presidente em quatro mandatos. Nesse ano, recebeu o título de Melhor Produtor e Televisão em Pernambuco, do ano de 1977, conferido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão de Pernambuco.

A partir de 1979, começou a participar, como conferencista oficial, de Congressos de Parapsicologia, no Brasil e no Exterior. E ministrou Cursos de Parapsicologia, na Universidade Federal da Paraíba, na Universidade Católica de Pernambuco e na Universidade Federal de Pernambuco.

Em 18 de janeiro de 1980, recebeu o Título de Acadêmico Emérito da Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro.

Em 1990, assumiu a Coordenadoria do Meio Ambiente do Ministério Público de Pernambuco. No ano seguinte, representou o Ministério Público de Pernambuco no I Encontro Nacional do Ministério Público à Eco-92, realizado em Goiânia, Goiás.

Recebeu, em 1995, o Prêmio de poesia “Lyra e César”, concedido pela Academia Pernambucana de Letras, ao seu livro “O Ser, o Agora, o Sempre”.

Em 1996, passou a dirigir o Anuário Brasileiro de Parapsicologia.

Em 7 dezembro de 1996, lhe foi conferido o título de Presidente de Honra do Instituto Pernambucano de Pesquisas Psicobiofísicas – IPPP - e o Diploma de Honra ao Mérito pela relevante contribuição a essa instituição e ao progresso da Parapsicologia no Brasil.

Em 1999, fundou a Sociedade Internacional de Transcendentologia.

Em 18 de março de 1998, tornou-se sócio efetivo da Academia de Artes e Letras de Pernambuco .

No dia 13 de janeiro de 1999, recebeu o título de História Viva do Recife, outorgado pelo Museu da Cidade do Recife, da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, e entregue pelo Prefeito Roberto Magalhães.

Recebeu o diploma de Mérito Acadêmico, concedido pela Academia Pernambucana de Ciências, no dia 6 de dezembro de 2000.

Foi agraciado com a medalha Marechal Trompowski, conferida pelo Instituto dos Docentes do Magistério Militar, em solenidade no Colégio Militar do Recife, no dia 18 de outubro de 2002.

Em 16 de dezembro de 2003, recebeu o título de Sócio Emérito da Academia de Artes, Letras e Ciências de Olinda.

Realiza palestras, sob os mais diversos temas, em instituições científicas, culturais e universitárias. E é entrevistado sobre temas de parapsicologia nas emissoras de rádio e televisão, assim como em jornais e revistas.

Nas suas atividades de parapsicólogo, investiga fenômenos paranormais, notadamente os de "poltergeist" em Pernambuco.

É membro da União Brasileira de Escritores, seção de Pernambuco, da Academia de Artes e Letras de Pernambuco, da Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro, da Parapsychological Association e da Associación Iberoamericana de Parapsicologia.

3 comentários:

Anônimo disse...

queria saber qual a religião dele

Adriana Lordelo disse...

Olá adorei, seu blog..estar de parabéns... estou seguindo voce...!!

Adriana Lordelo disse...

olá adorei seu blog..
sou seguilo..estar de parabéns


beijos!!